Sua tireoide está controlada mesmo?




Você sabia que o TSH não é um bom parâmetro para a função tireoidiana?


É comum que os hormônios apareçam normais nos exames e os pacientes continuem com os sintomas! Isso acontece muito com pessoas tireoidectomizadas – que já retiraram a tireoide por câncer – MAS pode acontecer também em outros tipos de pacientes!


O objetivo do estudo AO LADO foi avaliar os parâmetros da função tireoidiana e os índices de ação hormonal tireoidiana periférica (como SHBG – a globulina ligadora de hormônios sexuais) em pacientes cujo hipotireoidismo foi considerado bem controlado de acordo com os critérios atuais.


Dos oitenta e cinco pacientes com hipotireoidismo tratado apenas com Levotiroxina (T4) que participaram, 28 tinham athyria – ou seja, a ausência de tecido tireoidiano funcional. Os participantes foram comparados com 114 indivíduos normais com os mesmos níveis de TSH. Os níveis de T3 foram significativamente menores nos pacientes com hipotireoidismo, embora os níveis médios de T4 e T4 livre tenham sido significativamente maiores. Além disso, os níveis médios de SHBG foram significativamente menores em quem tinha hipotireoidismo, independentemente da idade.


Nós concluímos que pacientes com hipotireoidismo tratados apenas com Levotiroxina (T4) têm níveis mais baixos de T3, relação T3/T4 mais baixa e SHBG mais baixo que pessoas normais com o mesmo TSH, talvez indicando hipotireoidismo tissular relativo no fígado. Os níveis de TSH utilizados para monitorizar a função tireoidiana são mais regulados pelo T3 intracelular no cérebro (na hipófise), portanto, esse pode não ser um bom indicador de ação tissular do hormônio tireoidiano em todos os tecidos do corpo.


Vocês querem que eu grave um vídeo explicando mais sobre o assunto?

MAIS TEXTOS