Pé diabético: como cuidar?




O “pé diabético” é uma expressão que define qualquer lesão nos pés do diabético, desde a alteração de sensibilidade, um calo, até uma ferida (chamada de úlcera). Cerca de 15% a 25% dos diabéticos desenvolvem úlceras nos pés. Essas lesões ou deformidades aumentam muito o risco de amputação. No mundo, atualmente, ocorre uma amputação a cada 20 segundos nos diabéticos, principalmente em países de terceiro mundo. Cerca de 85% destas amputações são precedidas por uma úlcera ou ferida no pé, e após a primeira amputação, existe uma chance de 50 a 80% de nova amputação em menos de um ano.


Entretanto, a maioria destas amputações poderiam ser evitadas com aplicação de cuidados especializados por equipe multiprofissional.

MAIS TEXTOS