Os números da diabetes no Brasil




Olá, você provavelmente conhece alguém com a doença. Após a modificação das diretrizes alimentares nos anos 1970, reduzindo gorduras na dieta e aumentando carboidratos, houve um crescimento muito grande na incidência e prevalência do diabetes.


O último censo brasileiro, o VIGITEL 2018, estudou o que aconteceu no Brasil nos últimos 12 anos (2006-2018). Veja os números:

❗Houve um aumento de 40% no número de diabéticos tipo 2 no Brasil. Estatísticas do IDF - International Diabetes Federation mostram que metade das pessoas que tem diabetes não sabe que tem a doença. O diabetes tipo 2 está, em grande parte, relacionado ao estilo de vida das pessoas (obesidade, sedentarismo, hipertensão) e, acima de 65 anos de idade, 1 em cada 5 pessoas no Brasil tem diabetes tipo 2. ❗O diabetes tipo 1 tem pouca relação com estilo de vida e perfaz 10% de todos os diabéticos. É causado por uma desregulação do sistema imune, que produz anticorpos que atacam as células produtoras de insulina. Fazendo com que os pacientes precisem usar insulina para o resto da vida, independente da dieta. ❗O pré-diabetes, está em 10-12% da população brasileira. Poucos sabem o significado dessa condição, além de uma alienação da população quanto as medidas a serem tomadas.

As consequências dessa doença são devastadoras: ⚠ O diabetes, juntamente com a hipertensão, é a principal causa de pacientes em hemodiálise hoje, com previsão de crescimento nos próximos anos. ⚠ É uma das principais causas de amputação de membros inferiores em jovens, pessoas de meia-idade e idosos. As taxas de amputações crescem a cada dia. ⚠ A lesão no olho do diabético (retinopatia) é a primeira causa de perda de visão em adultos entre 20 e 65 anos e muitos diabéticos tipo 2 já tem retinopatia ao diagnóstico.

Enfim, acho que dá para perceber que o assunto merece atenção! Então, continue me acompanhando por aqui na minha coluna no @metrojornal!

MAIS TEXTOS