Jejum intermitente para iniciantes: Parte 3




A verdade é que jejum é algo normal e não uma coisa de outro mundo como muita gente acha. Os humanos evoluíram para jejuar por períodos mais curtos ou mais longos - horas ou dias - sem consequências prejudiciais à saúde. A gordura corporal é apenas energia alimentar que foi armazenada, ou seja, se você não comer, seu corpo simplesmente "comerá" sua própria gordura para obter energia. O jejum intermitente é exatamente essa estratégia que permite que o corpo use sua energia armazenada.⠀

Quando comemos, mais energia alimentar é ingerida do a energia que pode ser usada imediatamente. Parte dessa energia deve ser armazenada para uso posterior. A insulina é o principal hormônio envolvido no armazenamento de energia alimentar, aumentando quando comemos, ajudando a armazenar o excesso de energia. ⠀

O processo inverso ocorre quando não comemos. Os níveis de insulina caem, sinalizando ao corpo para começar a queimar a energia armazenada porque nada mais está vindo dos alimentos. A glicose no sangue cai, então o corpo agora deve puxar a glicose do armazenamento para obter energia.⠀

Para restaurar o equilíbrio ou perder peso, podemos simplesmente precisar aumentar a quantidade de tempo gasto queimando energia dos alimentos. Isso é jejum intermitente!!⠀

Se você está comendo a cada três horas, como costuma ser recomendado, seu corpo usará constantemente a energia alimentar recebida. Pode não ser necessário queimar muita gordura corporal, se houver. Você pode estar apenas armazenando gordura e seu corpo pode estar guardando-a para um momento em que não há nada para comer, entende? Então, será que comer de 3 em 3 horas vai mesmo te ajudar a emagrecer ou só causar um desequilíbrio no seu organismo?⠀

Por isso, não tenha medo de jejuar!!! E claro, procure um profissional qualificado para te ajudar nesse processo. ❣️⠀

MAIS TEXTOS