Gastroparesia, o que é?




Quem está com diabetes já há algum tempo bem sabe que a doença, quando não cuidada da maneira correta, pode causar diversos efeitos negativos no corpo.


O excesso de glicose no sangue gera, ao longo do tempo, avarias nos vasos sangüíneos que alimentam os nervos. Com isto, o funcionamento deles fica comprometido. Como os nervos não trabalham direito, os órgãos que são controlados por eles passam, também, a apresentar falhas.


É o que acontece no caso da gastroparesia, um nome complicado para explicar que o estômago demora demais para se esvaziar. Quem controla este esvaziamento é o nervo vago, e se ele está com problemas causados pelo excesso de açúcar no sangue, certamente o estômago será prejudicado.


Quando o estômago retém o alimento digerido por muito tempo, vários sintomas bastante desagradáveis são sentidos pela pessoa. Entre eles estão: -Náusea e vômitos

-Inchaço abdominal, mesmo após comer só um pouquinho

-Azia

-Espasmos na região do estômago

-Falta de apetite

-Perda de peso

-Refluxo gastroesofágico


A maneira mais fácil de controlar a gastroparesia é equilibrar a glicemia, seja por meio de medicamentos, seja através da reeducação do paciente. Além disso, mudanças na dieta são muito bem-vindas. Evitar alimentos gordurosos e cheios de fibras é um bom passo para acelerar a passagem da comida do estômago ao intestino e ajudar a melhorar os sintomas da gastroparesia diabética.


Caso você tenha algum dos sintomas descritos, procure rapidamente orientação médica. Existem vários exames não invasivos que confirmam o diagnóstico da gastroparesia.

MAIS TEXTOS