Evoluímos comendo carne!




Os alimentos de origem animal são uma parte importante de nosso passado evolutivo, provavelmente tendo desempenhado um papel crítico em nosso desenvolvimento como espécie. A carne nos permitiu desenvolver cérebros grandes e complexos que são exclusivos dos humanos. Na verdade, já nascemos geneticamente programados para apreciar o sabor e a textura da carne. Além de ser saborosa e suculenta (quando bem preparada, claro!), a carne vermelha oferece muitos benefícios nutricionais: ⠀

Proteína de alta qualidade: uma porção de 100 gramas (3,5 onças) de carne vermelha contém cerca de 20-25 gramas de proteína, dependendo de quão gordurosa ela é (cortes mais magros têm mais proteína). Como ovos, laticínios e outros produtos animais, a carne vermelha fornece proteínas consideradas completas, o que significa que contém todos os nove aminoácidos essenciais nas quantidades que seu corpo necessita. ⠀

Várias vitaminas e minerais: A carne vermelha é uma excelente fonte de muitos micronutrientes importantes, incluindo vitamina B12, niacina, selênio, zinco e potássio.⠀

Fonte de Ferro Heme: todos os tipos de carne vermelha são ricos em ferro heme, que seu corpo absorve mais facilmente do que a forma de ferro não heme encontrada nas plantas. Consumir carne vermelha regularmente pode ajudar a aumentar seus estoques de ferro e prevenir a anemia por deficiência de ferro. ⠀

Ajuda a preservar os músculos: é uma pena que geralmente perdemos músculos à medida que envelhecemos devido a alterações hormonais e outras alterações fisiológicas. Em um estudo (https://doi.org/10.3945/ajcn.113.064154 ), mulheres mais velhas que consumiram 160 gramas de carne vermelha seis dias por semana em combinação com o treinamento de resistência obtiveram maiores ganhos em massa muscular magra e força do que o grupo apenas com treinamento de resistência. ⠀


Melhorias semelhantes foram mostradas em estudos (https://doi.org/10.1080/07315724.2017.1335248) de homens jovens e de meia-idade que consumiram carne e triatletas que tomaram suplementos à base de carne, quando comparados a homens da mesma idade que comeram dietas ovo-lacto-vegetarianas ou tomaram suplementos à base de soro de leite durante o treinamento de força.⠀

A escolha de comer ou não carne é livre, mas precisamos ter em mente que nosso organismo precisa de um aporte nutricional adequado para funcionar plenamente, e sem a carne conseguir isso é um grande desafio. Muitas questões estão envolvidas quando alguém decide não comer carne, mas a verdade é que NÓS EVOLUÍMOS COMENDO CARNE.

MAIS TEXTOS