Evidência sobre colesterol e risco de infecções




Um grande estudo de coorte realizado pela Kaiser Permanent Medical Care Program, nos EUA, acompanhou 55300 homens e 65271 mulheres durante 15 anos (1979-1993) para avaliar a relação de níveis de colesterol com o risco de infecções.⠀

Após análise estatística, concluiu-se que os níveis de colesterol tiveram uma relação inversa e significativa com diversas infecções, ou seja, níveis reduzidos de colesterol associaram-se com aumento de:⠀

· Em homens: ⠀

o Infecções urinárias (principalmente, em idosos);⠀

o Infecções sexualmente transmissíveis;⠀

o Infecções músculo-esqueléticas.⠀

· Em mulheres:⠀

o Infecções urinárias (principalmente, em idosos);⠀

o Septicemia;⠀

o Bacteremia;⠀

o Infecções virais inespecíficas.⠀

Além do aumento de infecções específicas, as análises mostraram um aumento do número geral de infecções em participantes com menores valores sanguíneos de colesterol. A redução do risco de infecções com aumento de 1 no colesterol total foi de 8% em homens e mulheres.⠀

Tais dados, apesar serem observacionais, trazem importantes informações que devem ser bem avaliadas em novos estudos. Mas, mais uma vez, ressaltamos a importância do colesterol para nossa saúde, ainda mais nesse contexto de pandemia que estamos vivendo!!

MAIS TEXTOS