Dieta low carb e o mal de Alzheimer




Em um estudo pequeno um programa abrangente e personalizado de dieta baixa em carboidratos foi capaz de reverter a perda da memória de 9 dos 10 participantes. Você leu certo sim, A dieta com exercícios e suplementos foi muito eficaz não só na diminuição da progressão da doença, mas em reverter boa parte da doença em poucos meses de programa, sendo que um paciente em estado crítico e avançado da doença reverteu totalmente sua condição.

O estudo foi realizado por Dr. Dale Bredesen da UCLA Centro de pesquisa da doença de Alzheimer Mary S. Easton e do Instituto Buck de Pesquisa sobre o Envelhecimento. Mary S. Easton Center for Alzheimer’s Disease Research and the Buck Institute for Research on Aging.

O programa incluiu uma série de medidas terapêuticas incluindo mudanças abrangentes na dieta, práticas para estimular o cérebro, exercício, sono adequado, medicamentos e vitaminas específicas.

Entre os 10 pacientes com perda de memória associada à doença de Alzheimer, disfunção cognitiva amnésica leve ou disfunção cognitiva subjetiva (em que o paciente relata problemas cognitivos), um paciente que tinha sido diagnosticado com a doença de Alzheimer na fase tardia não melhorou, no entanto, o paciente que estava no estado mais grave da doença teve os sintomas totalmente revertidos.

MAIS TEXTOS