Diabetes descontrolado e suas consequências




O Diabetes, tanto o tipo 1, como o tipo 2, é uma das doenças mais mal controladas e rejeitadas da atualidade, mesmo sendo uma das mais prevalentes.⠀

Contrariamente ao que muitas pessoas pensam, o diabetes não é só uma doença que aumenta os níveis de açúcar no sangue. O Diabetes é uma doença crônica com altíssimo potencial lesivo para o organismo. As conseqüências podem ser de alto custo, incapacitantes e fatais. Tanto o Diabetes tipo 1 como o tipo 2 podem danificar o coração, os rins, os olhos e os nervos, causando infarto, insuficiência renal, neuropatia e amputações.⠀

Recente publicação do JAMA Internal Medicine analisou dados de 1742 adultos já diagnosticados com diabetes e 746 sem diagnóstico prévio. Dentre aqueles com diagnóstico confirmado, 94% estavam recebendo o tratamento adequado, porém, ainda assim, 3/4 não estavam dentro dos valores preconizados pela Associação Americana de Diabetes para os 4 principais fatores de gravidade da doença:⠀

· Níveis sanguíneos de glicose;⠀

· Pressão Arterial;⠀

· Colesterol;⠀

· Tabagismo.⠀

Tais fatores aumentam consideravelmente a inflamação em vasos sanguíneos, o que é a principal fisiopatologia para aumento de risco cardiovascular.⠀

O estudo descreve que dificuldades financeiras atrapalham o controle adequado da doença. A falta de acesso a orientações e medicamentos de qualidade (geralmente, de alto custo) torna o controle glicêmico, pressórico e de colesterol ainda mais difícil. Além disso, os dados da pesquisa revelam que não houve aprimoramento significativo em diagnóstico e tratamento do Diabetes de 2005 a 2016. Ademais, jovens são subtratatos, enquanto idosos são medicados em excesso.⠀

O Diabetes é uma doença muito grave, sendo um importante problema de saúde pública. Diante das suas graves complicações incapacitantes e fatais é essencial que sejam fornecidas alternativas eficazes de tratamento, como a dieta Low Carb.

MAIS TEXTOS