Como alcançar a flexibilidade metabólica?




Você não precisa tomar medidas drásticas para alcançar o estado metabólico FLEX, mas precisar mudar o que come e quando come. Terá que “ensinar” seu corpo a virar a chave. Como acontece com qualquer mudança dietética, certifique-se de consultar primeiro um médico ou nutricionista e de mencionar qualquer histórico familiar de obesidade, doença cardiovascular e diabetes (ou diagnóstico pré-diabético). Não existe uma abordagem única para a saúde e o bem-estar. Todos nós temos diferentes composições corporais, massas corporais, pesos corporais, taxas metabólicas e outros fatores que entram em jogo.⠀

Uma maneira de melhorar a saúde metabólica e a flexibilidade é adotar uma dieta cetogênica, o que significa comer uma dieta com baixo teor de carboidratos e gordura. Quando seu corpo está em cetose, ele começa a queimar gordura para obter energia e a produzir cetonas. Nesse estado de cetose, seu metabolismo queima mais facilmente a gordura corporal armazenada e da dieta para obter energia. A cetogênica te ajudará a fazer a transição para usar gordura como combustível, leia meus posts sobre como começar, como evitar ou tratar a gripe low carb e não desista, você vai conseguir.⠀

Ciclar na cetogênica é uma ótima maneira de experimentar a flexibilidade metabólica porque você alterna entre os dias de baixo teor de carboidratos e alto teor de carboidratos. A cetose cíclica envolve comer uma porção extra de carboidratos uma vez por semana por dois motivos principais: primeiro, para manter a capacidade de digeri-los e, segundo, porque seu corpo precisa deles para alguns processos-chave. Com a cetose cíclica, você terá um dia mais alto de carboidratos (mais de 100g de carboidratos) uma vez por semana.⠀


Outra ferramenta para ajudar a atingir a flexibilidade é o jejum, pois ele permite que você queime gordura suficiente para usar como energia, enquanto libera um nível de toxinas que seu corpo pode controlar. O jejum intermitente aliado a cetogênica e ao exercício físico, são as maneiras mais rápidas e sustentáveis de aumentar a flexibilidade metabólica. Isso acostuma seu corpo a usar o combustível que está disponível, e seu sistema não entrará em pânico sempre que uma seleção de combustível (glicose, glicogênio ou gordura) não estiver disponível.⠀

Resumindo: a flexibilidade metabólica é uma prova positiva de que as dietas não são únicas e há benefícios em alternar entre os diferentes estilos de alimentação low carb para apoiar a sua saúde geral. É muito importante incorporar os pilares de um estilo de vida saudável também, como exercícios e atividades físicas, comer comida de verdade, beber água e controlar o estresse. E aí quando você ensinar seu corpo a ser FLEX entrará num estado elevado de bem-estar e vai querer manter isso para sempre, por isso que as pessoas se apaixonam pela Low Carb!

MAIS TEXTOS