Cherry picking e o guideline da ADA






Foi publicado um estudo muito interessante pela Sarah Hallberg que avaliou o guideline de tratamento da American Diabetes Association (Associação Americana de Diabetes). Foram comparados os guidelines de 2014 até hoje e foi feita uma revisão sistemática da literatura para verificar se as pessoas que fizeram esse guideline não tinham deixado de fora nenhum artigo relevante.


Para nossa surpresa, houve uma seleção seletiva de estudos, um cherry picking (expressão quer dizer "escolher a dedo"), deixando de fora vários estudos relevantes, principalmente sobre a dieta de baixo carboidrato, a dieta Low Carb no Diabetes.


Mesmo com os artigos que eles utilizaram, eles não poderiam ter tirado as conclusões que eles tiraram. O guideline dado é cheio de viés, a força das evidências é muito fraca pra recomendar a dieta Low Fat ao invés da dieta Low Carb. Vários estudos foram deixados de fora, inclusive de outros tipos de intervenções alimentares, como a dieta DASH, que tinha apenas 2 ou 3 estudos relevantes na literatura e foram colocados com a mesma força de evidência que a dieta Low Carb, algo que jamais poderia ter sido feito.


A nova revisão da literatura feita pelos autores, revelou diversos estudos a mais e, após analisar cuidadosamente e sistematicamente todos os estudos disponíveis da literatura, foi evidenciado que a dieta Low Carb é, sem sombras de dúvidas, a MELHOR dieta para o diabetes, segundo a melhor evidência científica disponível atualmente. Isso já era possível ter sido falado na época e é o que deveria ter sido falado agora. Esse guideline foi avaliado inclusive pelo American College of Physicians e foi duramente criticado, recebendo uma péssima nota e foi julgado como um dos piores guidelines disponíveis na literatura atual.


É muito triste ver que a ciência está sendo dominada por crenças, preferências pessoais e saber que nós não podemos mais contar com os guidelines como nossos guias, pois estão sendo manipulados, cheios de viés e interesses pessoais.

MAIS TEXTOS