Carne vermelha ou branca?




A carne vermelha é saudável, prejudicial ou neutra? Dependendo de qual especialista você perguntar, essa pergunta pode receber respostas muito diferentes.⠀

A carne vermelha vem de mamíferos. Quando crua, geralmente aparece vermelho escuro porque contém uma grande quantidade de mioglobina, a proteína rica em ferro que armazena oxigênio nos músculos dos animais. A categoria de carnes vermelhas inclui boi, porco, cordeiro, vitela, cabra, bisão, veado e outras caças. O termo “carne vermelha” pode ser um pouco confuso, já que a carne de vitela e porco costumam ser claras, enquanto o pato, assim como o salmão e alguns outros peixes são avermelhados. ⠀

No entanto, ao discutir a carne do ponto de vista nutricional, “carne branca” se refere a aves e peixes, que contêm menos mioglobina e ferro do que a carne vermelha. A carne vermelha pode ser fresca ou processada. Carne vermelha fresca é exatamente o que parece: carne que não contém aditivos, requer refrigeração e precisa ser consumida dentro de alguns dias, após assar, grelhar ou estufar, etc. Carne vermelha processada é um termo mais amplo que se refere à carne que foi modificada por salga, cura, defumação, enlatamento ou tratamento com conservantes. Os tipos populares incluem bacon, salame, salsicha, cachorro-quente e carne seca.⠀

A vida útil de várias carnes processadas varia: certos tipos duram apenas alguns dias na geladeira, enquanto os tipos secos ou enlatados podem permanecer comestíveis por vários meses ou até anos quando armazenados em temperatura ambiente. Além disso, algumas carnes processadas contêm sal como único aditivo, enquanto outras podem incluir açúcar, amido, outros aditivos e produtos químicos, como nitritos - substâncias altamente cancerígenas e presentes principalmente nos embutidos e na fumaça líquida.⠀

MAIS TEXTOS