Bactérias do bem




Quando somos crianças, temos o hábito de ingerir lactobacilos vivos, presentes nos leites fermentados, que são as chamadas “bactérias do bem”, benéficas para nossa flora intestinal. Quando adultos, porém, muitas vezes nos esquecemos da importância de manter a microbiota intestinal equilibrada.

E é justamente aí que entra o Kombucha . Já ouviu falar? Trata-se de um alimento probiótico, ou seja, que contém bactérias benéficas que contribuem para melhorar a saúde do intestino, por ajudar a regenerar a flora intestinal, facilitando a digestão e a absorção de nutrientes.

A Kombucha é uma colônia composta por micro-organismos aglomerados que, após serem colocados em uma mistura de açúcar com algum chá rico em cafeína, geralmente o preto, transforma-se em uma bebida borbulhante, de sabor doce e azedo, com fragrância frugal.

Seu consumo ajuda na imunidade e até no controle da obesidade. Isso porque as bactérias liberam substâncias importantes na bebida, como os ácidos glucurônico, glucônico e láctico, vitaminas, aminoácidos e substâncias antibióticas.

MAIS TEXTOS