A razão entre triglicérides e LDL prevê doença coronariana extensa




Há muito tempo suspeita-se que a concentração de diferentes tipos de colesterol poderia estar ligada a aterosclerose além de infartos, derrames e doenças cardiovasculares em geral. Recentemente, alguns indícios levaram pesquisadores a considerar as pequenas partículas de LDL que podem se formar no corpo. Essas partículas pequenas e densas são mais aterogênicas que as maiores e menos densas. O HDL também pode-se fragmentar em partículas menores mas algumas ainda possuem um caráter protetivo enquanto que outras são também aterogênicas.⠀

Um grupo de pesquisadores da USP e da PUC do Paraná elaboraram um estudo para testar a correlação entre as variáveis ligadas aos lipídios, com ênfase na razão entre os triglicérides e o HDL, além da extensão das doenças coronárias nos pacientes. Para tanto, os cientistas analisaram pacientes com alto risco de doenças cardiovasculares e os submeteram a uma angiografia coronária a fim de medir as variáveis relacionadas aos lipídios (concentração de HDL e LDL, triglicérides, dentre outros).⠀

Os resultados encontrados pelo grupo indicam que algumas das variáveis lipídicas estão de fato associadas com doenças cardiovasculares, porém existe uma relação mais forte entre a razão de triglicérides (TG) e o colesterol HDL e as doenças, como indicado pela alta porcentagem (72%) de pacientes com uma razão alta TG/HDL que possuíam doenças cardiovasculares. ⠀

O grupo aponta que o uso desse tipo de teste pode ser uma melhor opção para avaliar o risco de doenças cardiovasculares pelo simples fato de esse ser um teste mais simples tecnicamente de fazer que a avaliação da concentração de fragmentos pequenos de LDL.⠀

MAIS TEXTOS