Cacau protege o coração

Já falei sobre cacau nas redes sociais, mas resolvi fazer um post no blog, porque esse assunto merece. O cacau é uma fruta que temos o privilégio de encontrar em território nacional e, por isso, temos obrigação de aproveitar todo benefício que ele nos traz. Ele é muito mais que chocolate, e vou explicar por quê.


Entre tantas pesquisas científicas, vou tomar como base um estudo feito por pesquisadores em Ilhéus, na Bahia, e no Reino Unido. Entre os principais benefícios do cacau que os estudiosos destacam está o efeito cardioprotetor da fruta, incluindo ação na pressão arterial, por exemplo.


O artigo publicado pelos estudiosos menciona diversas propriedades, mas aqui destaco os chamados flavonoides. Eles são compostos químicos presentes em algumas frutas, como a uva – o que faz uma tacinha de vinho por dia ser benéfica à saúde (assunto para outro post). Os flavonoides têm uma ação de limpar o organismo, de combater os chamados radicais livres.


Além disso, para entender a ação do cacau no organismo, os pesquisadores mencionam a observação sobre a população indígena no Panamá, grande consumidora de cacau. Foi identificado que, entre esses indivíduos havia risco baixo de hipertensão e Acidente Vascular Cerebral (AVC ou o popular derrame), por exemplo. Eles citam ainda melhoras significativas no funcionamento do coração.


Melhor que placebo

Não é novidade que uma das principais formas de comermos cacau é pelo chocolate, não é mesmo? Mas, é por isso que temos que ficar atentos à porcentagem de cacau. Quanto menos açúcar, mais cacau, mais benefícios à saúde.


Ou seja, dê preferência a chocolates acima de 70%. No início, pode ser que você estranhe, que fale que ele tem gosto de terra (já ouviu alguém falar isso?!), mas é que nosso paladar precisa ser adaptado, e ele aceita mudanças quando persistimos.


E olha que interessante esse dado. Os estudiosos de Ilhéus revelaram que os efeitos do cacau são melhores que placebos – um substituto neutro de um medicamento, sem seu princípio ativo. Eles afirmam que, em ensaios clínicos em que indivíduos receberam chocolate amargo, os efeitos no organismo foram mais positivos que os placebos para reduzir a hipertensão arterial.


Em sua conclusão, o estudo chega a afirmar que consumir chocolate como parte de uma dieta balanceada pode levar a melhoras no bem-estar. Assim, o chocolate (o cacau, gente!) pode ser um componente nutricional poderoso.


Fonte: Critical Reviews in Food Science and Nutrition (2013): Cacao and Human Health: from Head to Foot — A Review, Critical Reviews in Food Science and Nutrition, DOI: 10.1080/10408398.2012.657921. Link: http://dx.doi.org/10.1080/10408398.2012.657921


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

© 2017 por NASSIF PRODUÇÕES.