Congelar comida caseira é uma alternativa, mas exige atenção

Você costuma congelar comida em casa?


Nossos hábitos alimentares mudaram consideravelmente ao longo dos anos, e o acesso a produtos industrializados, como os enlatados e congelados, aumentou. Mas é fundamental lembrar que, apesar de oferecerem praticidade para o dia a dia, esses alimentos são carregados de conservantes e substâncias que não favorecem a nutrição.

Hoje em dia falamos cada vez mais sobre conscientização alimentar, sobre a importância de pensarmos no que estamos ingerindo.


Para quem busca um estilo de vida saudável, mas não tem tempo de cozinhar todos os dias as próprias refeições, uma alternativa é separar um dia da semana para preparar o que será consumido ao longo dos dias.


“É muito mais interessante nutricionalmente consumir um alimento fresco, mas deixar no congelador porções prontas e separadas facilita o dia a dia. E é muito melhor do que optar por um salgado na lanchonete da esquina ou fast food”, frisa a endocrinologista Janaína Koenen.


Ou seja, se você busca praticidade, então um alimento feito e congelado por você será mais benéfico ao organismo do que aqueles que encontramos prontos nos supermercados.


Entretanto, existem formas de armazenamento que merecem atenção. Após preparar o alimento, fique muito atento ao recipiente usado para ser levado ao congelador. Se for de plástico, tenha certeza de que o produto é “BPA Free”, ou seja, sem o chamado bisfenol A. Esse policarbonato é muito usado desde a década de 1960 em embalagens que armazenam comidas e bebidas.


“O BPA é um disruptor endócrino, ou seja, pode alterar os nossos hormônios e, inclusive, causar puberdade precoce em crianças. Essa substância pode ser encontrada tanto no plástico esquentado como no congelado”, pontua.


Se for optar por congelar a comida em um recipiente de vidro, fique muito atento para que o alimento não encoste na tampa, que, por sua vez, se for de plástico, pode conter BPA.


“As embalagens livres desse composto vêm com um triângulo com o número 5 no meio”, explica a endocrinologista. Com essas ressalvas para o congelamento, você conseguirá tirar proveito de um alimento saudável, muito diferente dos encontrados prontos, cheios de conservantes dentro de embalagens impróprias – até mesmo as marmitas fit.


Fonte:

https://www.niehs.nih.gov/health/topics/agents/sya-bpa/index.cfm http://www.mayoclinic.org/healthy-lifestyle/nutrition-and-healthy-eating/expert-answers/bpa/faq-20058331