É perigoso comer carne?




Nos últimos anos, a mídia noticiou estudos mostrando uma associação entre comer muita carne vermelha e o aumento do risco de câncer (principalmente colorretal) e doenças cardíacas. Alguns artigos chegaram a afirmar que a carne está totalmente "nos matando". Mas quão fortes são essas associações, especialmente quando se considera todos os tipos de estudos disponíveis? ⠀

Vamos dar uma olhada na pesquisa sobre carne vermelha e risco de doenças até o momento e avaliar a força das evidências.⠀

- Câncer colorretal: é de longe o tipo mais comum de câncer estudado em relação à sua relação com a carne vermelha. Neste caso, os estudos mostraram uma associação mais consistente, mas num grupo de diabéticos, fumantes e obesos. Então, mais uma vez, a associação é muito fraca! Fica a pergunta: o que, exatamente, na carne que pode aumentar o risco? Em alguns casos, a associação com câncer colorretal foi atribuída a aditivos químicos de carnes processadas e aminas heterocíclicas (HCAs) ou outros compostos potencialmente prejudiciais que se formam quando a carne é cozida em altas temperaturas. ⠀

Portanto, parece razoável inferir que retirar a carne processada e limitar o cozimento de carne vermelha em alta temperatura pode mitigar o risco - muito pequeno - de câncer colorretal. Mesmo assim, a associação é muito baixa.Os grupos desses estudos são heterogêneos, e as pessoas que comem mais carne processada são também mais sedentárias, mais tabagistas ou ex-tabagistas, mais obesas…percebem? A carne processada marca um estilo de vida. Esse tipo de pessoa não come o pepperoni ou a salsicha de hot dog puros, vem sempre a pizza, o pão o ketchup, o refri...⠀


Outros cânceres além do colorretal: em grandes revisões e metanálises de estudos observacionais, os pesquisadores encontraram resultados inconsistentes. Uma grande meta-análise descobriu que os efeitos absolutos da carne vermelha no risco de câncer são extremamente baixos, com a certeza da evidência sendo baixa a muito baixa. Enquanto alguns não mostraram associação entre carne vermelha e risco de câncer, outros mostraram uma associação positiva com câncer gástrico, esofágico, de mama e de próstata, mas temos um porém: a CARNE PROCESSADA era a carne onipresente na alimentação dos grupos.⠀

Existem tipos diferentes de “comedores de carne” e é óbvio que quem come carne como parte de uma dieta rica em carboidratos ruins, fast food e açúcar tende a ser menos saudável ​​do que aqueles que optam por não comer carne.⠀

Portanto, comer carne NÃO PROCESSADA, dentro de um estilo de vida saudável sempre será a melhor escolha.⠀

MAIS TEXTOS